Fernanda Pessoa Grupo Educacional

Quem somos

FERNANDA PESSOA
Mulher, sertaneja, educadora, empresária, escritora, mãe e avó. Fernanda Pessoa é uma potência multifacetada do mercado educacional brasileiro. Fundadora do FPGE (Fernanda Pessoa Grupo Educacional), Fernanda fez da sala de aula seu ambiente de revolução.

Engana-se quem pensa que a popularidade e o crescimento do curso se devem a uma vida cheia de privilégios que facilitaram a ascensão. Os resultados ainda não têm uma explicação concreta ou racional, principalmente porque ser professora nunca foi seu principal objetivo. Quando decidiu começar na profissão, o plano era um só: sobreviver. Foi assim que, durante anos, ela adquiriu conhecimento suficiente para desenvolver a própria metodologia de ensino. Professora de linguagens e redação, a sua marca registrada são, sobretudo, as defesas de uma educação horizontalizada, do pensamento crítico, da criatividade, da escrita livre e do uso da arte como meio de transformação do indivíduo e da sociedade.

Ao longo da sua jornada de mais de 25 anos na educação, Fernanda fundou o que viria a ser o maior curso presencial preparatório de língua portuguesa do mundo. Não se tem notícia de mais de 6000 alunos matriculados por ano, lotando dezenas de turmas com capacidade de 550 pessoas.

Atualmente, com a iniciativa também do curso na modalidade online, ela participa da educação de centenas de milhares de alunos espalhados por todo o Brasil, escalonando a sua voz e seus expressivos resultados, que se traduzem em um massivo número de alunos aprovados nos vestibulares mais concorridos e variados do país, bem como nas notas máximas da redação do ENEM, em que acumula a maior concentração do mercado da educação do país.

Para além das salas de aula, Fernanda é uma importante voz e influência da atualidade. Com presença marcante e posicionamentos contundentes, suas pautas abordam desde a educação, vista como política pública, até empoderamento feminino, empreendedorismo e crítica social. Sua história de superação é, sem dúvida, uma inspiração que ganha cada vez mais notoriedade e espaço em diversos segmentos da sociedade.

Redes Sociais 

Baixe o press kit completo

Assessoria de Imprensa

Publicidade e Parcerias

Em breve

FERNANDA PESSOA
Aos 42 anos, Fernanda Pessoa, além de ser mãe, educadora, empresária e escritora, é a fundadora do Fernanda Pessoa Grupo Educacional- instituição renomada na área da educação. Atualmente, ela participa da educação de mais de 20 mil alunos, e essas pessoas se somam aos mais de 130 mil estudantes que já passaram pelo curso ao longo dos mais de 25 anos de atuação. Por ano, são mais de 3.000 aprovações, sendo que, apenas na última edição do ENEM, 128 alunos da professora foram aprovados em 1° lugar em cursos de universidades brasileiras. Além disso, dentre os 22 estudantes que alcançaram a nota máxima na Redação da prova, 3 foram alunas e estudaram com ela na modalidade online. Engana-se quem pensa que a popularidade e o crescimento do curso se devem a uma vida cheia de privilégios que facilitaram a ascensão. Os resultados ainda não têm uma explicação concreta ou racional, principalmente porque ser professora nunca foi seu principal objetivo. Quando decidiu começar na profissão, o plano era um só: sobreviver. Foi assim que, durante anos, ela adquiriu conhecimento suficiente para desenvolver a própria metodologia de ensino. A sua marca registrada são, sobretudo, as defesas de uma educação horizontalizada, do pensamento crítico, da criatividade e da escrita livre.
MÃE SOLO AOS 15 ANOS
Natural do sertão de Pernambuco, filha de Iran, um professor da rede pública, e Fátima, uma dedicada dona de casa, Fernanda precisou superar todos os desafios existentes na sua trajetória para consolidar a própria marca.  O seu sonho de criança era ser médica, trabalhar na África e ajudar as pessoas. Mas os acontecimentos na sua vida e a falta de recursos financeiros mudaram o roteiro dos sonhos. A gravidez aos 15 anos de idade foi um momento desafiador - ter alguém por quem lutar, mesmo sendo jovem, alimentou em Fernanda Pessoa o desejo de ser mãe, mas encarar a missão não foi fácil.  Criativa e com espírito empreendedor, Fernanda criou uma receita de biscoitos recheados com doce de leite que eram vendidos aos vizinhos. Além dos doces, ela produzia cestas de café da manhã que faziam enorme sucesso. Foi com esse dinheiro que a professora conseguiu arcar com todas as despesas da primeira gestação. Um dos capítulos marcantes da sua adolescência foi o dia em que ela deu à luz. A demora para realizar o parto prematuro provocou uma paralisia cerebral na sua filha Débora. Nesse momento, iniciou-se um desafio ainda maior. Para se manter financeiramente e criar a primogênita, Fernanda decidiu fazer faculdade e optou pelo curso de letras, o que lhe permitiria dar mais aulas e, assim, custear as despesas com o tratamento médico da filha. A graduação também não foi fácil. Para pagar a faculdade, Fernanda vendia lanche nas dependências da instituição. Posteriormente, no auge dessa fase, ousou aceitar encomendas para fazer casamentos, mas, como não tinha dinheiro para investir, o negócio se tornou insustentável e, mais uma vez, foi preciso se reinventar. Fernanda nunca duvidou de que um dia daria certo. A capacidade de sobrevivência e adaptabilidade são características marcantes da sertaneja.
O CURSO FERNANDA PESSOA
Em 2000, a professora conseguiu um emprego em uma escola e começou a dar aulas particulares em Recife, cidade escolhida por ela para recomeçar a vida. A sua primeira turma de cursinho começou com apenas treze alunos, dos quais oito eram bolsistas. Fernanda sofreu discriminação por ser do sertão, mulher, muito jovem e mãe, foi recusada em vários lugares e demitida de todos os empregos que conseguiu ao defender um modelo transformador de educação. Tentou sociedade com outros professores, mas não deu certo. Foi quando decidiu fundar o seu próprio curso, que mais tarde seria o maior do país. O início foi difícil. Sem dinheiro para as reformas do local, ela contou com a solidariedade de poucos, mas grandes amigos que acreditavam na sua missão de vida (colaboradores que estão até hoje no curso). Foi assim que, aos poucos, o sonho ganhou forma e se transformou em uma grande realidade.
Em 2007, com a aplicação da Redação Colorida (uma didática inventada pela educadora para ensinar redação), mais de 70% dos aprovados em Medicina na Universidade Federal de Pernambuco foram de Fernanda. Desde então, os resultados crescem de forma exponencial por todo o país.  A professora acredita que a educação humanizada é capaz de revolucionar e, por meio das ferramentas disponibilizadas pelo curso, oportuniza a vivência do processo de preparação, sem distinção, para todos os alunos. A relação construída com seus estudantes, ao longo desses mais de 25 anos, demonstra que a missão não se restringe à sala de aula. Para Fernanda, o seu propósito no mundo é mostrar que as pessoas são capazes de conquistar seus sonhos e, a partir do conhecimento adquirido, transformar a vida de outras pessoas.
Por meio das aulas de História da Arte (com fotografias autorais), Gramática, Interpretação e Redação, a educadora consegue quebrar o tabu de que estudar é chato e cansativo. Cercada de uma equipe competente, Fernanda Pessoa mantém viva a sua essência acolhedora e, assim, consegue reter talentos na sua empresa, dando a eles condições para realizarem os seus próprios sonhos profissionais.
Em 2007, com a aplicação da Redação Colorida (uma didática inventada pela educadora para ensinar redação), mais de 70% dos aprovados em Medicina na Universidade Federal de Pernambuco foram de Fernanda. Desde então, os resultados crescem de forma exponencial por todo o país.  A professora acredita que a educação humanizada é capaz de revolucionar e, por meio das ferramentas disponibilizadas pelo curso, oportuniza a vivência do processo de preparação, sem distinção, para todos os alunos. A relação construída com seus estudantes, ao longo desses mais de 25 anos, demonstra que a missão não se restringe à sala de aula. Para Fernanda, o seu propósito no mundo é mostrar que as pessoas são capazes de conquistar seus sonhos e, a partir do conhecimento adquirido, transformar a vida de outras pessoas.
FERNANDA PESSOA
Aos 42 anos, Fernanda Pessoa, além de ser mãe, educadora, empresária e escritora, é a fundadora do Fernanda Pessoa Grupo Educacional- instituição renomada na área da educação. Atualmente, ela participa da educação de mais de 20 mil alunos, e essas pessoas se somam aos mais de 130 mil estudantes que já passaram pelo curso ao longo dos mais de 25 anos de atuação. Por ano, são mais de 3.000 aprovações, sendo que, apenas na última edição do ENEM, 128 alunos da professora foram aprovados em 1° lugar em cursos de universidades brasileiras. Além disso, dentre os 22 estudantes que alcançaram a nota máxima na Redação da prova, 3 foram alunas e estudaram com ela na modalidade online. Engana-se quem pensa que a popularidade e o crescimento do curso se devem a uma vida cheia de privilégios que facilitaram a ascensão. Os resultados ainda não têm uma explicação concreta ou racional, principalmente porque ser professora nunca foi seu principal objetivo. Quando decidiu começar na profissão, o plano era um só: sobreviver. Foi assim que, durante anos, ela adquiriu conhecimento suficiente para desenvolver a própria metodologia de ensino. A sua marca registrada são, sobretudo, as defesas de uma educação horizontalizada, do pensamento crítico, da criatividade e da escrita livre.
MÃE SOLO AOS 15 ANOS
Natural do sertão de Pernambuco, filha de Iran, um professor da rede pública, e Fátima, uma dedicada dona de casa, Fernanda precisou superar todos os desafios existentes na sua trajetória para consolidar a própria marca.  O seu sonho de criança era ser médica, trabalhar na África e ajudar as pessoas. Mas os acontecimentos na sua vida e a falta de recursos financeiros mudaram o roteiro dos sonhos. A gravidez aos 15 anos de idade foi um momento desafiador - ter alguém por quem lutar, mesmo sendo jovem, alimentou em Fernanda Pessoa o desejo de ser mãe, mas encarar a missão não foi fácil.  Criativa e com espírito empreendedor, Fernanda criou uma receita de biscoitos recheados com doce de leite que eram vendidos aos vizinhos. Além dos doces, ela produzia cestas de café da manhã que faziam enorme sucesso. Foi com esse dinheiro que a professora conseguiu arcar com todas as despesas da primeira gestação. Um dos capítulos marcantes da sua adolescência foi o dia em que ela deu à luz. A demora para realizar o parto prematuro provocou uma paralisia cerebral na sua filha Débora. Nesse momento, iniciou-se um desafio ainda maior. Para se manter financeiramente e criar a primogênita, Fernanda decidiu fazer faculdade e optou pelo curso de letras, o que lhe permitiria dar mais aulas e, assim, custear as despesas com o tratamento médico da filha. A graduação também não foi fácil. Para pagar a faculdade, Fernanda vendia lanche nas dependências da instituição. Posteriormente, no auge dessa fase, ousou aceitar encomendas para fazer casamentos, mas, como não tinha dinheiro para investir, o negócio se tornou insustentável e, mais uma vez, foi preciso se reinventar. Fernanda nunca duvidou de que um dia daria certo. A capacidade de sobrevivência e adaptabilidade são características marcantes da sertaneja.
O CURSO FERNANDA PESSOA
Em 2000, a professora conseguiu um emprego em uma escola e começou a dar aulas particulares em Recife, cidade escolhida por ela para recomeçar a vida. A sua primeira turma de cursinho começou com apenas treze alunos, dos quais oito eram bolsistas. Fernanda sofreu discriminação por ser do sertão, mulher, muito jovem e mãe, foi recusada em vários lugares e demitida de todos os empregos que conseguiu ao defender um modelo transformador de educação. Tentou sociedade com outros professores, mas não deu certo. Foi quando decidiu fundar o seu próprio curso, que mais tarde seria o maior do país. O início foi difícil. Sem dinheiro para as reformas do local, ela contou com a solidariedade de poucos, mas grandes amigos que acreditavam na sua missão de vida (colaboradores que estão até hoje no curso). Foi assim que, aos poucos, o sonho ganhou forma e se transformou em uma grande realidade.
Em 2007, com a aplicação da Redação Colorida (uma didática inventada pela educadora para ensinar redação), mais de 70% dos aprovados em Medicina na Universidade Federal de Pernambuco foram de Fernanda. Desde então, os resultados crescem de forma exponencial por todo o país.  A professora acredita que a educação humanizada é capaz de revolucionar e, por meio das ferramentas disponibilizadas pelo curso, oportuniza a vivência do processo de preparação, sem distinção, para todos os alunos. A relação construída com seus estudantes, ao longo desses mais de 25 anos, demonstra que a missão não se restringe à sala de aula. Para Fernanda, o seu propósito no mundo é mostrar que as pessoas são capazes de conquistar seus sonhos e, a partir do conhecimento adquirido, transformar a vida de outras pessoas.
Por meio das aulas de História da Arte (com fotografias autorais), Gramática, Interpretação e Redação, a educadora consegue quebrar o tabu de que estudar é chato e cansativo. Cercada de uma equipe competente, Fernanda Pessoa mantém viva a sua essência acolhedora e, assim, consegue reter talentos na sua empresa, dando a eles condições para realizarem os seus próprios sonhos profissionais.
Em 2007, com a aplicação da Redação Colorida (uma didática inventada pela educadora para ensinar redação), mais de 70% dos aprovados em Medicina na Universidade Federal de Pernambuco foram de Fernanda. Desde então, os resultados crescem de forma exponencial por todo o país.  A professora acredita que a educação humanizada é capaz de revolucionar e, por meio das ferramentas disponibilizadas pelo curso, oportuniza a vivência do processo de preparação, sem distinção, para todos os alunos. A relação construída com seus estudantes, ao longo desses mais de 25 anos, demonstra que a missão não se restringe à sala de aula. Para Fernanda, o seu propósito no mundo é mostrar que as pessoas são capazes de conquistar seus sonhos e, a partir do conhecimento adquirido, transformar a vida de outras pessoas.

“Aluno de escola pública de PE consegue nota máxima na redação do Enem 2016”

“Fernanda Pessoa, de
Pernambuco, inclui inglês no
cursinho pré-vestibular e planeja
braço de idiomas”

“‘CartaCapital’ convidou especialistas a avaliar os planos dos presidenciáveis…”

“Professora de português cria
curso pré-vestibular e espera
faturar R$ 16 milhões neste ano”

“Redação: a professora que
teve três alunas nota mil no
Enem 2021″

“Estudante pernambucano atinge nota mil na redação do Enem 2020”

“Estudantes pernambucanas atingem nota máxima na redação do ENEM”

“Fernanda Pessoa traz
história da arte para o ensino
da redação do ENEM”

“Fernanda Pessoa: quem é a
professora das três alunas
pernambucanas que tiraram
1000 na redação do Enem”

“Análise: redação nota 1000 no Enem citou historiadora Lilia Schwarcz”

“Três estudantes de Pernambuco tiram nota mil na redação do Enem 2021”

“PE: Redação inspirada em “Vidas Secas” faz jovem tirar nota mil no Enem…”

Quem somos

Fernanda Pessoa

Fernanda Pessoa

Aos 42 anos, Fernanda Pessoa, além de ser mãe, educadora,
empresária e escritora, é a fundadora do
Fernanda Pessoa Grupo Educacional- instituição renomada na área da educação.

Atualmente, ela participa da educação de mais de 20 mil alunos,
e essas pessoas se somam aos mais de 130 mil estudantes que já passaram
pelo curso ao longo dos mais de 25 anos de atuação.


Por ano, são mais de 3.000 aprovações, sendo que, apenas na última edição do ENEM,
128 alunos da professora foram aprovados em
1° lugar em cursos de universidades brasileiras. Além disso,
dentre os 22 estudantes que alcançaram a nota máxima na Redação da prova,
3 foram alunas e estudaram com ela na modalidade online.


Engana-se quem pensa que a popularidade e o crescimento do curso se devem
a uma vida cheia de privilégios que facilitaram a ascensão.
Os resultados ainda não têm uma explicação concreta ou racional, principalmente porque
ser professora nunca foi seu principal objetivo. Quando decidiu começar na profissão,
o plano era um só: sobreviver. Foi assim que, durante anos, ela adquiriu conhecimento
suficiente para desenvolver a própria metodologia de ensino.


A sua marca registrada são, sobretudo, as defesas de uma educação horizontalizada,
do pensamento crítico, da criatividade e da escrita livre.

MÃE SOLO AOS 15 ANOS

Natural do sertão de Pernambuco, filha de Iran, um professor da rede pública, e Fátima,
uma dedicada dona de casa, Fernanda precisou superar todos os desafios
existentes na sua trajetória para consolidar a própria marca. 

O seu sonho de criança era ser médica, trabalhar na África e ajudar as pessoas.
Mas os acontecimentos na sua vida e a falta de recursos financeiros mudaram o roteiro
dos sonhos. A gravidez aos 15 anos de idade foi um momento desafiador
– ter alguém por quem lutar, mesmo sendo jovem, alimentou em
Fernanda Pessoa o desejo de ser mãe, mas encarar a missão não foi fácil. 

Criativa e com espírito empreendedor, Fernanda criou uma receita de biscoitos recheados
com doce de leite que eram vendidos aos vizinhos. Além dos doces, ela produzia cestas
de café da manhã que faziam enorme sucesso. Foi com esse dinheiro que
a professora conseguiu arcar com todas as despesas da primeira gestação.

Um dos capítulos marcantes da sua adolescência foi o dia em que ela deu à luz.
A demora para realizar o parto prematuro provocou uma paralisia cerebral na
sua filha Débora. Nesse momento, iniciou-se um desafio ainda maior.
Para se manter financeiramente e criar a primogênita, Fernanda decidiu fazer faculdade
e optou pelo curso de letras, o que lhe permitiria dar mais aulas e, assim,
custear as despesas com o tratamento médico da filha.


A graduação também não foi fácil. Para pagar a faculdade, Fernanda vendia lanche
nas dependências da instituição. Posteriormente, no auge dessa fase,
ousou aceitar encomendas para fazer casamentos, mas, como não tinha dinheiro
para investir, o negócio se tornou insustentável e, mais uma vez, foi preciso se reinventar.
Fernanda nunca duvidou de que um dia daria certo. A capacidade de sobrevivência e
adaptabilidade são características marcantes da sertaneja.

Curso Fernanda Pessoa

Curso Fernanda Pessoa

Em 2000, a professora conseguiu um emprego em uma escola e começou a
dar aulas particulares em Recife, cidade escolhida por ela para
recomeçar a vida. A sua primeira turma de cursinho começou com apenas
treze alunos, dos quais oito eram bolsistas.

Fernanda sofreu discriminação por ser do sertão, mulher,
muito jovem e mãe, foi recusada em vários lugares e demitida de
todos os empregos que conseguiu ao defender um modelo transformador
de educação. Tentou sociedade com outros professores, mas não deu certo.
Foi quando decidiu fundar o seu próprio curso, que mais tarde seria o maior do país.

O início foi difícil. Sem dinheiro para as reformas do local, ela contou com a solidariedade
de poucos, mas grandes amigos que acreditavam na sua missão de vida (colaboradores que
estão até hoje no curso). Foi assim que, aos poucos, o sonho ganhou forma e
se transformou em uma grande realidade

Em 2007, com a aplicação da Redação Colorida (uma didática inventada pela educadora
para ensinar redação), mais de 70% dos aprovados em Medicina na Universidade
Federal de Pernambuco foram de Fernanda.
Desde então, os resultados
crescem de forma exponencial por todo o país. 

A professora acredita que a educação humanizada é capaz de revolucionar e, por
meio das ferramentas disponibilizadas pelo curso, oportuniza a
vivência do processo de preparação, sem distinção, para todos os alunos.

A relação construída com seus estudantes, ao longo desses mais de 25 anos, demonstra
que a missão não se restringe à sala de aula. Para Fernanda, o seu propósito
no mundo é mostrar que as pessoas são capazes de conquistar seus
sonhos e, a partir do conhecimento adquirido, transformar a vida de outras pessoas.

Por meio das aulas de História da Arte (com fotografias autorais), Gramática,
Interpretação e Redação, a educadora consegue quebrar o tabu de que estudar
é chato e cansativo. Cercada de uma equipe competente, Fernanda Pessoa
mantém viva a sua essência acolhedora e, assim, consegue reter talentos na sua
empresa, dando a eles condições para realizarem os seus próprios sonhos profissionais.

A nordestina acredita que o poeta Guimarães Rosa estava certo ao afirmar
que o que a vida quer da gente é coragem e a sua personalidade
humana, determinada e muito inquieta provam isso. Fernanda é uma mulher que
não se acomoda e, durante toda sua história, lutou e continua lutando
por uma construção social mais digna e democrática.

Com toda essa coragem e disposição, Fernanda decidiu abrir 2 unidades presenciais do seu curso – Recife e Caruaru – de onde saíram inúmeras histórias de sucesso e superação. Depois de 5 anos de uma linda trajetória, tivemos que tomar a decisão de fechar a unidade de Caruaru para dar espaço a uma nova fase de crescimento do curso.

Hoje, contamos com uma sede presencial do Curso Fernanda Pessoa em Recife e o curso 100% online, que formam o Fernanda Pessoa Grupo Educacional (FPGE). Com milhares de alunos e resultados surpreendentes, ela é o coração de um dos mais renomados cursos pré-vestibular do país, e ainda tem muito trabalho e aprovações pela frente.

Baixe o press kit completo

Assessoria de Imprensa

Publicidade e Parcerias

Na mídia

“Aluno de escola pública de PE consegue nota máxima na redação do Enem 2016”

“Fernanda Pessoa, de
Pernambuco, inclui inglês no
cursinho pré-vestibular e planeja
braço de idiomas”

“‘CartaCapital’ convidou especialistas a avaliar os planos dos presidenciáveis…”

“Professora de português cria
curso pré-vestibular e espera
faturar R$ 16 milhões neste ano”

“Redação: a professora que
teve três alunas nota mil no
Enem 2021″

“Estudante pernambucano atinge nota mil na redação do Enem 2020”

“Estudantes pernambucanas atingem nota máxima na redação do ENEM”

“Fernanda Pessoa traz
história da arte para o ensino
da redação do ENEM”

“Fernanda Pessoa: quem é a
professora das três alunas
pernambucanas que tiraram
1000 na redação do Enem”

“Análise: redação nota 1000 no Enem citou historiadora Lilia Schwarcz”

“Três estudantes de Pernambuco tiram nota mil na redação do Enem 2021”

“PE: Redação inspirada em “Vidas Secas” faz jovem tirar nota mil no Enem…”